Vocé o Visitante N°:

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Bombardeio Contra TelexFREE: Resultado de Guerra Comercial Agenciada por Bancos e Empresas Concorrentes, Diz Site

Denúncia enviada por um funcionário de um Banco pode revelar um dos reais motivos dos últimos ataques contra a Empresa TelexFREE.
Segundo o bancário, que pediu para não ter seu nome divulgado, alguns bancos já estariam sofrendo os primeiros impactos da migração de investimentos e retirada em massa, por seus clientes, de recursos depositados em sua carteira de fundos de aplicações.Não se comenta outra coisa entre o pessoal da nossa área. O volume de recursos retirado de poupanças e a redução de investimentos em outros fundos oferecidos pelos bancos já está ameaçando nossas metas”, afirmou.
Divulgadores também não descartam a possibilidade de que essa nova onda de ataques possa também estar sendo financiada por empresas concorrentes, principais prejudicadas com o estrondoso crescimento da TelexFREE no país.
A ação dos órgãos de Defesa dos Consumidores
Outro caso que ganha notoriedade e que tem sido questionado veementemente pelos milhares de Divulgadores da TelexFREE, é a ação dos órgãos de Defesa dos Consumidores (Procons), que acabou desencadeando uma intervenção articulada entre diversos órgãos públicos, a exemplo do Ministério da Fazenda, Ministérios Públicos de alguns estados e pelo Sistema Nacional de Defesa do Consumidor, pois não existe nenhuma reclamação formal de clientes e Divulgadores acerca de calotes, prejuízos ou mesmo qualquer ato que comprometa a idoneidade da Empresa TelexFREE.

"Como podem pedir para investigar uma empresa sem que haja qualquer denúncia de consumidores contra a mesma. Quem vai se responsabilizar pelo prejuízo que essas ações podem causar a milhares de pais de família que investiram suas economias num negócio que está se demonstrando legal e lucrativo para todos os participantes. TelexFREE é uma empresa legalizada, que somente em janeiro e fevereiro deste ano já pagou R$ 31 milhões de impostos aos cofres do Governo. É lamentável", comenta Josué Pacheco, líder do Dinamite Group Acre.

A assessoria do Procon-AC foi contactada e declarou que o órgão já se manifestou sobre o assunto em nota oficial e matéria divulgada pela Agência de Notícias do Estado, apenas acrescentando que o Procon não interpôs ação contra a referida empresa, mas tão somente comunicou as autoridades dos indícios de ilicitudes.
A orientação da Empresa TelexFREE

Em sua página oficial no Facebook, a Empresa TelexFREE informou que na semana passada documentos solicitados pelo Ministério da Fazenda, pelo Ministério Público da Bahia e pelo Sistema Nacional de Defesa do Consumidor em Brasília foram remetidos, dentro dos prazos estabelecidos e que esta semana receberam uma equipe da Receita Federal, em procedimento de praxe, cujos documentos solicitados estavam sendo elaborados e seriam enviados no prazo.

“Estamos colaborando com todas as autoridades ao mesmo tempo que estamos monitorando os sites e blogs para impedir excessos sendo que apenas o portal e o perfil do Facebook oficial da Telexfree está autorizado a fazer a divulgação oficial sobre a Empresa”, afirmam em nota.
Ainda em sua página, a Empresa informa que está ciente das informações absolutamente distorcidas apresentadas por colunistas, em blogs e jornais impressos e orienta que nenhuma atitude ostensiva que exceda o razoável e bom-senso sejam tomadas por seus DIVULGADORES ou prospectivos divulgadores.
“Embora verificamos que as informações afastam-se da realidade, nada justificará atos de violência, quer em sua forma moral quer em sua forma física. A TelexFREE está trabalhando em colaboração com todas as autoridades e confiamos que os divulgadores atuarão em colaboração e não na contra-mão", afirmam.
 
 
Fonte: Acre Alerta
 
 

Um comentário:

Postagens Populares