Vocé o Visitante N°:

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Juíza que bloqueou TelexFREE concede pedido de Recuperação Judicial para empresário acusado na Operação G-7

Mais um episódio no âmbito da Justiça do Acre deve ser alvo de duras avaliações por parte da sociedade acreana.
Ao tempo que a empresa TelexFREE teve seu pedido de Recuperação Judicial sumariamente negado pela Justiça do Espírito Santo, e mais 13 outros recursos negados sem avaliação do mérito pela Justiça do Acre, um dos acusados na Operação G-7, João Salomão, homem forte da indústria acreana e que goza de alta credibilidade junto a família Viana, que comanda os destinos políticos do Acre há mais de uma década, acaba de ser agraciado com o mesmo benefício da Lei, para tentar recuperar sua empresa.
Salomão é proprietário da empresa Eleacre Engenharia Ltda e é um dos acusados na Operação G-7, que resultou em prisões e no indiciamento de empreiteiros e assessores do governador Tião Viana (PT) por formação de cartel, formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva e fraude à licitação para desvio de verbas públicas.
A dívida do empresário é de aproximadamente R$ 23 milhões. Na decisão, a juíza responsável pelo parecer determina que todas as ações e pedidos de execução judicial existentes contra a Eleacre sejam imediatamente suspensos por 60 dias.
O pedido de Recuperação Judicial da empresa Eleacre foi aceito pela juíza Thaís Khalil, da 2ª Vara Cível de Rio Branco, também responsável pela decisão que resultou no bloqueio das contas e suspensão das atividades comerciais da TelexFREE, gerando caos para quase dois milhões de brasileiros.

Fonte: Acre Alerta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens Populares